Reformas Feitas pelas Cooperativas Brasileiras



Lead: Com a divisão de um grupo de cooperativas em níveis de desempenho, buscou-se analisar quais os tipos de reformas foram consideradas as mais importantes em cada nível.


Sumário Executivo

Os slides que serão apresentados neste trabalho tiveram como objetivo analisar um conjunto de reformas feitas pelas cooperativas brasileiras que foram divididas em: administrativas, financeiras, organizacionais e no posicionamento mercadológico. Os procedimentos metodológicos incluíram a análise das reformas gerarem resultados e a construção de um índice de desempenho que dividiu as cooperativas em três grupos: alto desempenho, desempenho médio e desempenho não satisfatório.
Na apreciação dos resultados, primeiramente analisou-se as reformas em conjunto para chegar à conclusão de que o fortalecimento do tecido cooperativista gera resultados e que talvez seja necessário romper com modelos mentais e paradigmas como, por exemplo, a decisão de não fazer um reposicionamento mercadológico estratégico.
Após a divisão das cooperativas em três níveis de desempenho, cada grupo elegeu as reformas mais importantes em cada uma das suas divisões (administrativas, financeiras, organizacionais e mercadológica). O resultado mais intrigante dessa eleição mostra que as reformas mercadológicas só foram valorizadas pelas cooperativas com alto desempenho.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys