Organizar as Cadeias Agropecuárias ou Perecer: O Caso Dos EUA



Lead: O sistema de organização das cadeias agropecuárias mudou substancialmente nos últimos 20 anos. As primeiras mudanças ocorreram no início dos anos 1970 e em pouco mais de 15 anos todos os sistemas de exploração da hortifruticultura haviam mudado radicalmente nos EUA. Neste trabalho serão apresentadas as características dessas mudanças nas formas de organização e coordenação das cadeias nos EUA. Hoje, na atividade hortifrutícola, nenhuma produção é feita sem que ela esteja programada, contratada e vendida.


Sumário Executivo

Duas questões básicas resumem as novas formas de organização e coordenação das cadeias norte-americanas. A primeira é a definição de quem possui o controle das decisões estratégicas da cadeia, e a segunda é a definição dos efeitos, em termos de desempenho (lucros), do novo modelo de organização vertical e padrão de coordenação das cadeias. Esse novo sistema está baseado na ampla participação empresarial no financiamento de projetos de irrigação no subsetor da hortifruticultura, com maior distribuição do controle sobre o processo decisório entre os elos da cadeia. Isso se deve ao fato de que a ocorreu o equilíbrio entre oferta e demanda entre os elos, dentro da cadeia, ou seja, reduziu-se a vantagem de alguns elos específicos sobre elos mais frágeis. Com isso, as taxas de retorno, lucros, direitos de propriedade, riscos, informações e responsabilidades são distribuídas de forma equitativa entre todos os segmentos da cadeia.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys