Gestão de Risco I – Principais Riscos e Suas Ações Mitigadoras No Agronegócio Brasileiro



Lead: A hipótese inicial da pesquisa feita com dirigentes é a de que o agronegócio não apresenta não só muitos riscos, como riscos pesados, para os quais as ações mitigadoras são muito modestas. Uma pesquisa junto a empresários e dirigentes do agronegócio mostra a intensidade dessas três dimensões. Impressiona o grau de conhecimento que os empresários e dirigentes têm da importância das três dimensões.


Sumário Executivo

            Apesar de não haver grandes novidades na identificação de riscos, os avanços correm por conta das novidades das descobertas de ações mitigadoras. Aqui o empresariado avançou. As hierarquias das empresas do agronegócio acabaram “dando um show” às experiências de mitigar riscos. A pesquisa no final contrariou a hipótese inicial que presidiu a pesquisa (tal como mencionado no Lead acima). Os riscos mais originais apontados pelos entrevistados da pesquisa referem-se a riscos institucionais ou ações do governo mudando as políticas agrícolas; riscos contenciosos legal, fiscal, ambiental, trabalhista, fundiário, todos ao mesmo tempo; inadequações dos insumos, tais como fraudes nos formulados e defensivos, etc. As ações mitigadoras surpreendem. Sempre é bom recordar todos os riscos do agronegócio.

 
Design by Wordpress Theme | Bloggerized by Free Blogger Templates | free samples without surveys